Cirurgia vascular:
o procedimento cirúrgico
dedicado ao tratamento
das varizes

Saiba mais sobre
esse procedimento

1544

As varizes são veias dilatadas que geralmente ocorrem nas pernas. Estas resultam do enfraquecimento das paredes das veias e mau funcionamento das válvulas venosas, o que leva ao acúmulo de sangue e ao aumento da pressão dentro das veias. Esta condição pode causar desconforto, dor, inchaço e até complicações mais sérias, como úlceras de pele. A cirurgia vascular para correção das varizes é um procedimento médico utilizado para tratar e remover estas veias anormais. A cirurgia pode melhorar a aparência das pernas, aliviar os sintomas e prevenir possíveis complicações.

Tratamento - Cirurgia vascular

Antes da cirurgia, o médico realiza uma avaliação detalhada para determinar a extensão das varizes e assim identificar o procedimento adequado. Esta avaliação é feita nas primeiras consultas de avaliação. Após esta etapa, o médico desenvolverá o plano cirúrgico para o dia do procedimento.

A cirurgia é, geralmente, realizada sob anestesia local ou com sedação. Isto significa que a área a ser tratada será insensibilizada, mas o paciente permanecerá acordado ou sedado durante o procedimento. De seguida, o médico iniciará o procedimento que foi definido no plano cirúrgico.

Existem diferentes técnicas cirúrgicas disponíveis para a correção das varizes, dependendo do tamanho e da localização das veias afetadas. As opções comuns incluem:

Flebectomia: neste procedimento, são feitas pequenas incisões na pele para remover as veias varicosas. Geralmente, é utilizado um gancho especial para extrair as veias através dessas incisões.

Ablação por laser: esta técnica envolve a inserção de uma sonda especial na veia afetada. A energia do laser é utilizada para aquecer e fechar a veia, de forma a levar a sua obstrução e subsequente reabsorção pelo organismo. 

Cirurgia vascular: o que precisa de saber saber mais sobre o procedimento

Após a cirurgia de remoção de varizes, é essencial seguir alguns cuidados para promover uma recuperação adequada e evitar complicações. Aqui estão os principais cuidados a serem observados:

1 – Repouso e elevação das pernas: é recomendado descansar e elevar as pernas durante os primeiros dias após a cirurgia. Isto ajuda a reduzir o inchaço e melhora o retorno venoso. Ao elevar as pernas, é aconselhável manter os pés acima do nível do coração, sempre que possível. 

2 – Uso de meias de compressão: o médico geralmente recomenda o uso de meias elásticas de compressão após a cirurgia de varizes. Estas meias ajudam a reduzir o inchaço, melhoram a circulação sanguínea e minimizam o risco de complicações, como a formação de coágulos.

3 – Medicamentos prescritos: é importante seguir rigorosamente as instruções médicas em relação aos medicamentos prescritos. Geralmente, são indicados analgésicos para aliviar a dor e medicamentos para prevenir a formação de coágulos, como anticoagulantes. 

4 – Cuidados com os pensos: caso existam pensos na zona da cirurgia, é necessário manter a área limpa e seca de acordo com as instruções fornecidas pelo médico. É possível que seja necessário trocar os curativos regularmente ou aplicar pomadas específicas. 

5 – Retorno gradual às atividades: a retomada das atividades diárias deve ser gradual e conforme orientação médica. É importante evitar esforço físico intenso e o levantamento de peso nas primeiras semanas após a cirurgia. O médico pode indicar quando é adequado voltar ao trabalho e realizar exercício físico. 

6 – Alimentação saudável e hidratação adequada: manter uma alimentação equilibrada, rica em fibras, vitaminas e minerais, contribui para uma recuperação mais rápida. Além disso, é fundamental manter-se hidratado bebendo água em quantidade suficiente ao longo do dia. 

7 – Evitar exposição solar direta: é recomendado evitar a exposição solar direta nas áreas tratadas por um período determinado pelo médico. A luz solar direta pode causar manchas e pigmentação irregular na pele em processo de cicatrização. 

8 – Acompanhamento médico: é fundamental comparecer às consultas de acompanhamento agendadas com o cirurgião vascular. Durante as consultas, o médico avaliará a recuperação, removerá pontos (se necessário) e poderá fazer recomendações adicionais para a continuidade do cuidado pós-operatório. É importante ressalvar que cada caso é único, e as orientações pós-operatórias podem variar dependendo da extensão da cirurgia e das características individuais do paciente. Deste modo, é essencial seguir as instruções fornecidas pelo cirurgião vascular para garantir uma recuperação adequada e resultados positivos.

Duração da Cirurgia
Duração da cirurgia

1 a 2 horas

Tipo de anestesia
Tipo de anestesia

Local ou sedação

Período de internamento
Período de internamento

Não há

Período de baixa
Período de baixa

15 dias

Período sem exposição solar
Período sem exposição solar

1 mês

Exercício fisico
Período sem exercício físico

1 mês

Perguntas frequentes

O preço da cirurgia de varizes varia consoante o estado de gravidade das varizes do paciente. Só após a avaliação médica é que é possível identificar a gravidade da patologia e assim traçar um plano cirúrgico. Assim, uma consulta de avaliação é imprescindível para se obter um orçamento ajustado a cada caso.

A cirurgia de tratamento das varizes geralmente é realizada sob anestesia local ou sedação, o que significa que a área a ser tratada estará insensibilizada. Deste modo, durante o procedimento, não sentirá dor. Após a cirurgia, é comum sentir algum desconforto ou sensação de peso nas pernas, mas isso pode ser controlado com medicamentos prescritos pelo médico.

A duração do procedimento cirúrgico para o tratamento de varizes varia dependendo do tipo e da extensão das varizes a serem tratadas. Em geral, a cirurgia pode levar de 1 a 2 horas. No entanto, é importante lembrar que cada caso é único, e o tempo exato será determinado durante a avaliação pré-operatória.

O tempo de recuperação total após a cirurgia de varizes pode variar de pessoa para pessoa. Geralmente, são precisas 1 a 2 semanas para que o paciente possa retomar as atividades diárias normais. No entanto, a recuperação completa pode levar de 4 a 6 semanas. Durante este período, é essencial seguir as orientações médicas, incluindo repouso, uso de meias de compressão e evitando atividade física intensa.

Embora a cirurgia de tratamento de varizes seja considerada segura, como qualquer procedimento cirúrgico, existem alguns riscos e potenciais complicações. Isto pode incluir infeções, coágulos sanguíneos, sangramento excessivo, reações alérgicas à anestesia e danos nos nervos próximos à área tratada. É importante discutir estas preocupações com o seu cirurgião vascular antes da cirurgia.

A cirurgia de tratamento de varizes é projetada para remover as veias varicosas existentes e melhorar os sintomas associados. No entanto, é importante ressalvar que novas varizes podem surgir no futuro, especialmente se os fatores subjacentes que contribuíram para o desenvolvimento das varizes não forem abordados. Manter um estilo de vida saudável, praticar exercício regularmente, evitar o sedentarismo e usar meias de compressão conforme recomendado pelo médico podem ajudar a reduzir o risco de recorrência.

As cicatrizes resultantes da cirurgia de tratamento de varizes costumam ser pequenas e discretas. Os avanços nas técnicas cirúrgicas permitem realizar incisões mínimas, reduzindo a aparência de cicatrizes visíveis. Além disso, o cirurgião vascular fará o possível para posicionar as incisões em áreas discretas.

Vamos marcar
uma consulta?
Imagem - Clinica Baptista

Pedidos de
informação

Gostava se saber mais sobre alguma cirurgia, procedimento ou de tirar alguma dúvida?
Envie-nos uma mensagem.